• Categoria do post:Saúde

Os implantes dentários são uma solução muito eficaz para quem perdeu um ou mais dentes, conseguindo assim uma boca completa com a máxima funcionalidade e melhor estética.

Vamos descobrir exatamente do que se tratam esses implantes, analisando os diferentes tipos principais que existem, além de atentar para os cuidados necessários que garantem uma grande durabilidade, evitando infecções e dores.

Implantes Dentários

O que são implantes dentários e quando são necessários?

Conteúdo do artigo

Um implante dentário é uma peça projetada artificialmente que substitui os dentes originais do paciente. Se trata de um parafuso que é fixado ao osso maxilar por meio de um processo chamado implantodontia, no qual o novo dente ficará.

Além de entender o que é um implante, também é importante saber quando é necessário colocar um implante dentário:

  • Em caso de trauma forte, extração de um dente completo.
  • No caso de um dente ser afetado e não pode ser reconstruído.
  • Se houver alguma doença que dê ou tenha dado origem à perda de um ou mais dentes.

É importante deixar claro que o processo de implante para reposição de dentes perdidos deve ser realizado em uma clínica odontológica de confiança, garantindo assim a saúde e segurança do paciente.

Depositphotos 125386544 S

Tipos de implantes dentários

Vamos estudar os diferentes tipos de implantes dentários principais que são realizados em clínicas odontológicas atualmente:

Implantes de carga imediata

Esse tipo de implante se destaca por não precisar abrir a gengiva para sua colocação, mas só pode ser colocado naqueles casos em que o paciente tem um bom volume de osso e não há infecção.

Implantes com próteses fixas 

Esse tipo de implante, próteses fixas com 4 ou 6 implantes, se destaca por não precisar abrir a gengiva para colocação, mas só pode ser colocado naqueles casos em que o paciente tem um bom volume de osso e não há infecção.

Implantes removíveis

Implante que serve para substituir todas as peças dentárias, criando uma peça para o maxilar superior e outra para o maxilar inferior ou maxilar. Têm a qualidade de serem retidos por um mínimo de dois implantes, podendo retirar a prótese sempre que desejado.

Implantes justa ósseos, subperiosteais, fibra integrados ou subcrestal, sistema ISP:

Este tipo de implante é colocado entre o maxilar e o tecido gengival. Graças aos novos avanços técnicos, é utilizado o chamado sistema ISP, que garante a reabilitação oral em casos de atrofia maxilar ou mandibular severa, permitindo não apenas maior segurança e durabilidade, mas com a tranquilidade de que o paciente sairá com seus dentes no mesmo dia da cirurgia.

Implantes endósseos ou intraósseos

É o tipo de implante mais utilizado atualmente, e baseia-se na osseointegração, conseguindo uma união perfeita entre a prótese e o osso.

Implantes zigomáticos

Especialmente desenvolvido para casos de atrofia maxilar, ou seja, o osso da mandíbula é muito pequeno. Isto impossibilita a colocação de outros tipos de implantes, pelo que neste caso seriam implantes especiais adaptados às necessidades de cada paciente.

Implantes angulados

São implantes normais, mas posicionados de forma inclinada, conseguindo assim o acesso a áreas mais ricas em osso, o que permite a sua implantação naqueles pacientes com défice ósseo.

Processo de colocação de implantes dentários

Depositphotos 206586496 S

Em relação à colocação de implantes dentários, o processo é o seguinte:

1. Detecção e estudo

O primeiro dos passos para a colocação de um implante dentário é o estudo. Inicia-se com a realização de uma radiografia dentária ou tomografia computadorizada, para que se conheça melhor a disposição dos ossos.

Atualmente, o design do sorriso também pode ser utilizado com o que há de mais moderno em implantodontia 3D, um sistema através do qual você pode visualizar como os dentes ficarão após o tratamento.

2. Fase cirúrgica

Começa pela extração do dente danificado para depois preparar a mandíbula, realizando enxertos ósseos se necessário.

Em seguida, o implante dentário será colocado e, posteriormente, o crescimento e a cicatrização do osso devem ser cuidadosamente monitorados antes de passar para a colocação do pilar, que ocorrerá uma vez concluída a osseointegração.

3. Colocação da prótese

Aproximadamente duas semanas depois, a prótese será colocada. Este é basicamente o processo completo de um implante dentário, que permite a colocação de um implante dentário na boca do paciente.

Cuidados com os implantes dentários

É importante aprender a cuidar dos implantes dentários durante as primeiras horas e dias após a intervenção.

Os cuidados mais importantes que devem ser considerados são:

  • Dieta: é importante saber o que comer após um implante dentário e, nesse sentido, antes de tudo, devemos esperar algumas horas antes de ingerir qualquer tipo de comida ou bebida e, a partir de então, devemos optar por alimentos macios e alimentos frios. É muito importante não beber álcool nas horas seguintes.
  • Limpeza dentária: no dia da intervenção não será preciso que escove os dentes, será preciso aguardar 24 horas desde a conclusão do procedimento para poder higienizar os dentes. 
  • Após este tempo, pode escová-los mas com muita suavidade, evitando a zona onde foi realizada a intervenção.
  • Exercício físico: evite movimentos bruscos nas próximas 24 horas após a intervenção, descanse bem e não faça nenhuma atividade física por uma semana.
  • Enxaguante bucal: não enxaguar a boca nas horas seguintes à intervenção, pois pode danificar os pontos. Aguarde 24 horas e então você pode enxaguar a boca com um produto que será prescrito pelo seu dentista.
  • Irrigadores: Não use irrigadores dentários até que seja instruído pelo seu dentista.

Ao finalizar o procedimento, o dentista irá informá-lo sobre todos os cuidados necessários após a realização dos implantes dentários, cuidados esses que devem ser seguidos à risca para evitar qualquer tipo de problema (dores, infecção, rejeição). 

Depositphotos 287006802 S

Qual o valor dos implantes dentários?

Para quem deseja saber qual o valor dos implantes dentários é preciso saber que o custo varia de acordo com cada caso, tipo de implante e material utilizado para a realização do procedimento. 

Mas, para ajudá-los a ter uma base referente ao preço, em média, o valor do implante com materiais nacionais custa entre R $1.200 a R $3.500 por dente, já o procedimento realizado com materiais internacionais pode chegar ao valor entre R $8 mil a R $16 mil.